Selo_midiorama

 

 





Notícias

08/08/2017
Filha de Chris Cornell canta “Hallelujah” em homenagem ao pai e Chester Bennington
Por: Giovanna Lima

No dia quarto de Agosto Toni Cornell, de 12 anos, se juntou a banda OneRepublic no palco do “Good Morning America” onde fez uma performance comovente da música de Leonard Cohen, “Hallelujah”. A apresentação foi uma homenagem aos falecidos Chris Cornell e Chester Bennington.

“É uma honra realizar essa performance para meu pai e para Chester, e poder cantar para eles” disse Toni.

Cornell e Bennington eram amigos antigos e se apresentaram várias vezes juntos. Bennington se matou no dia 20 de julho, mesmo dia do aniversário de 53 anos de Cornell, que suicidou-se em Maio.

O Linkin Park estava programado para se apresentar no Central Park no dia 4 de agosto na  "GMA" Summer Concert, antes da morte de Bennington. A banda OneRepublic fez um desvio da sua turnê nacional para se juntar à "GMA" no lugar do Linkin Park e comemorar o legado de Bennington e Cornell. OneRepublic disse à ABC News que era uma honra homenagear seus amados colegas.

"Chester cantou isso no funeral de Chris, e esta é, sem dúvida, uma das maiores músicas escritas nos últimos 50 anos", disse Ryan Tedder, do OneRepublic, sobre a música "Hallelujah". "É uma música muito especial para nós e eu acho que para a maioria das pessoas também e especialmente para Toni [Cornell]. "

Na sequência da morte de Bennington, o Linkin Park anunciou no site de seu grupo de caridade, "Music For Relief", que todas as doações seriam agora direcionadas ao One More Light Fund em homenagem a Bennington

Cornell e sua esposa fundaram a Fundação Chris and Vicky Cornell em 2012 com a missão de proteger as crianças vulneráveis, incluindo aqueles que são sem-teto, em acolhimento a vítimas de abuso e negligência. Muitos fãs que ainda estão comovidos com a morte de Cornell estão comemorando sua vida apoiando seu trabalho filantrópico.

Comentários